http://mercadoatualizado.files.wordpress.com/2009/11/globeleza.jpg?w=468

Os chamados enredos patrocinados apresentados por duas escolas, a Grande Rio, na Marquês de Sapucaí, e a Rosas de Ouro, no Anhembi, levou a TV Globo a interferir no desfile das duas agremiações.

No Rio, a emissora, junto com a Liesa, organizadora do carnaval carioca, ordenou à equipe da Grande Rio que apagasse o símbolo da mão com o “número 1”, que fazia referência à cerveja Brahma, das camisas da equipe de apoio da agremiação.

Para evitar problemas com a TV Globo, a escola também optou por cancelar em cima da hora a participação do empresário José Victor Oliva, organizador do camarote da Brahma, que sairia no abre-alas, pois acreditava que já havia vários símbolos da cervejaria no desfile, como a presença do cantor Zeca Pagodinho e do gari Renato Sorriso, que ilustram campanhas publicitárias da empresa.

A confusão também aconteceu em São Paulo. Após um protesto da TV Globo, a Rosas de Ouro, que se sagrou campeã neste ano, foi obrigada a mudar um trecho de seu refrão. Onde aparecia “o caucau é show”, a agremiação trocou para “o cacau chegou”, para disfarçar o patrocínio que recebeu de uma fábrica de chocolates.

natelinha